Pai Rico, Pai Pobre



Este best-seller de Robert T. Kioysaki e Sharow L. Lechter, narra a história de um homem que teve dois pais, um pobre - Muito instruído e inteligente com título de PHD, e um rico - que nunca concluiu o segundo grau. O narrador observa que ambos conquistaram sucesso profissional e renda, contudo o primeiro sempre enfrentou dificuldades financeiras e o segundo foi prospero e deixou bens para entidades beneficentes.

Ambos tinham visões muito diferentes a respeito do dinheiro, o primeiro enxergava o dinheiro como a raiz de todo o mal e o segundo, enxergava o oposto, entendia a falta de dinheiro como a raiz de todo o mal.

Identificando a diferença de comportamento e resultados entre os dois pais, o narrador aponta o modelo mental do pai rico como o segredo de sua prosperidade.

Diante dos resultados do pai que tornou-se rico, o narrador decide seguir seu exemplo e compartilha as SEIS LIÇÕES FUNDAMENTAIS apresentadas por ele:

  • Lição 1 - Os ricos não trabalham pelo dinheiro: A classe média e pobre trabalha para o dinheiro, em busca de um bom emprego, segurança e benefícios, no entanto, os ricos fazem o dinheiro trabalhar para eles. Ocorre que muitas pessoas são escravas de seu medo de não ter dinheiro suficiente, de não se sentirem estáveis, quando na verdade a riqueza esta em aprender a colocar o dinheiro para trabalhar por você, ou seja, fazer o seu dinheiro gerar dinheiro através do correto investimento ou recurso adquirido. A grande maioria das pessoas não tem problemas financeiros por ganhar pouco dinheiro, mas por administrar mal o seu dinheiro, logo, a riqueza esta em aprender a colocar o dinheiro para trabalhar por você, fazendo com seus ativos gerem outros ativos.

  • Lição 2 - Para que alfabetização financeira?: Dinheiro sem administração financeira, é dinheiro que desaparece rápido, logo, para que alguém fique rico, é importante que obtenha uma alfabetização financeira, fazendo a gestão adequada de seu dinheiro, e o grande segredo da gestão financeira, esta no "alicerce", ou seja, no fundamento da gestão financeira. A grande regra deste aprendizado, esta no entendimento da diferença entre ATIVO e PASSIVO, de modo que os ricos adquirem ativos e os pobres adquirem passivos. O que define se algo é um ativo ou um passivo neste contexto, é sua capacidade de gerar renda ou despesa. Portanto, se um bem gera despesa para ser mantido, torna-se na verdade um passivo. Logo, são considerados ativos, somente bens ou recursos que geram renda, ou seja, dinheiro gerando dinheiro. A grande deficiência de nossa educação, não esta relacionada a como ganhar dinheiro, mas em como mantê-lo, isto porque a medida em que geramos dinheiro, passamos a obter mais crédito e pagar mais taxas e impostos e aumentar o nosso custo fixo para manter os bens que adquirimos. Neste contexto, é importante focar as energias em reduzir o custo fixo, reduzir as despesas e reinvestir o dinheiro em novos geradores de renda. Logo, a riqueza esta relacionada a quanto dinheiro o seu dinheiro gera e qual a sua capacidade de sobreviver (em quantidade de dias), com o fluxo de caixa gerado exclusivamente por seus ativos.

  • Lição 3 - Cuide de seus negócios: Grande parte dos problemas financeiros estão relacionados a trabalhar a vida inteira para outras pessoas, dependendo exclusivamente de sua carreira. A realidade, é que a maioria das pessoas se expõe a uma grande dificuldade financeira, ao enfrentar uma situação de desemprego, precisando recorrer a empréstimos ou se endividando. O conselho neste contexto, é que todo indivíduo deve gerar ativos, investir em negócios que gerem renda, de forma independente a renda gerada por sua profissão. O pai rico pontua como ativos geradores de renda, os seguintes recursos: Negócios que não exigem a presença do dono e podem ser administrados por outras pessoas, Ações, Títulos, Fundos Mútuos, Imóveis que geram rendas, Promissórias, Propriedade intelectual e tudo o que tenha valor, gere renda, se valorize ou tenha um mercado rico. Também é possível investir em uma empresa própria, mas este não é de fato o grande segredo, é possível ter uma profissão ou ser um empresário e ainda assim ter outros negócios que gerem renda.

  • Lição 4 - A história dos impostos e o poder da sociedade anônima: O autor discursa sobre a importância de entender como as leis funcionam, afim de gerir seu dinheiro da melhor maneira possível, deixando de trabalhar para enriquecer outros e aprendendo a enriquecer a si mesmo. Cita ainda, a história dos impostos, que surgiram inicialmente para financiar guerras, até que se tornaram uma taxa obrigatória e permanente na Inglaterra e nos EUA, e logo uma ideia popular e aceita pela maioria. A lei dos impostos, foi aprovada pela massa, que acreditava estar punindo os ricos, em um efeito "Robin Hood" - Tirar dos ricos para distribuir aos pobres, mas logo, os impostos foram ampliados até chegarem a classe média e os ricos se safaram por meio da Sociedade Anônima e de seus conhecimentos sobre a administração do seu dinheiro. Logo, os pobres puniram a si mesmos, em sua tentativa de gerar um equilíbrio financeiro.

  • Lição 5 - Os ricos inventam dinheiro: No mundo real, fora do ambiente acadêmico, o que faz a diferença não são as notas que tiramos ou o título que obtivemos, mas a autoconfiança e a coragem que fazem manifestar o gênio pessoal de cada indivíduo. Logo, muitas vezes, não são os mais talentosos que vão em frente, mas sim, os mais ousados, aqueles que assumem riscos em favor daquilo que de fato desejam. Ousadia, é o fator determinante para que os ricos sejam capazes de inventar dinheiro, isto porque, o dinheiro, assim como a sorte são criados, construídos com as estratégias adequadas.

  • Lição 6 - Trabalhe para aprender, não trabalhe pelo dinheiro: É necessário aprender continuamente, trabalhar para aprender algo novo e viver novas experiências que ampliem nossa visão de mundo. Portanto, domine uma técnica, em seguida aprenda outra, faça cursos, compre áudios, invista no conhecimento, no aprendizado e coloque tudo quanto aprender em ação, imediatamente após o seu aprendizado.

No mercado da profissão, somos destinados a ser altamente especializados, de modo que nossas habilidades só tem valor em um único ramo de atividade, porém, aqueles que almejam prosperidade, devem investir na pluralidade, no desenvolvimento de habilidades que sejam uteis também fora de sua profissão, ampliando as suas possibilidade de trabalho.

Além disto, aprender a vender é fundamental em qualquer atividade que visa gerar renda, é fato que pessoas geniais, podem ter ganhos baixos em virtude de sua limitada capacidade de venda e seu pouco entendimento de marketing, logo, aqueles que sabem vender obtêm sucesso de forma mais rápida e eficaz.

Outra dica significativa, esta relacionada a importância da doação, pois a medida que doamos aquilo que desejamos, tornamos isto mais abundante em nossa vida.

O autor orienta, que mesmo seguindo estas lições e estando educado financeiramente, é possível que você enfrente obstáculos ao longo do caminho, que por sua vez, dificultarão a possibilidade de viver em abundância financeira, te conduzindo a uma realidade em que ganha apenas para sobreviver e vive sempre em escassez. De modo geral, estes obstáculos que surgem no caminho, estão relacionados ao MEDO de correr riscos e fracassar, ao CETICISMO em relação a nossa capacidade de conquista e visão pessimista da situação, a PREGUIÇA de buscar alternativas e fazer o necessário para atingir os objetivos, o MAL HÁBITO de pagar primeiro os outros e somente depois pagar a si mesmo, sendo consumido pelas despesas e deixando de poupar dinheiro, e a ARROGÂNCIA de acreditar que aquilo que não sabemos não é importante.

Logo, superar estas limitações será o caminho para o sucesso financeiro!

Por fim, o conselho é para que paremos de fazer o que estamos fazendo e não está funciona e façamos algo que trará resultados, buscando novas informações e partindo para a ação.

Este é um resumo das principais lições do livro, que apesar de ser uma obra sobre finanças, é construído com uma narrativa envolvente e bastante didática, apresentando exemplos práticos de cada conceito trabalhado ao longo da história. Uma leitura super recomendada para aqueles que desejam otimizar sua vida financeira e repensar seus conceitos sobre dinheiro e prosperidade.

E você já leu? O que achou?

Compartilhe suas percepções ou dúvidas aqui nos comentário e terei alegria em interagir com você!


Em amor,


#pairicopaipobre #finanças #finançaspessoais #prosperidade

3 visualizações

© Todos os direitos reservados à Carla Rabetti | VIDA AUTÊNTICA.